quarta-feira, 8 de março de 2017

Suite Francesa

Já falei sobre esta obra há 7 anos.
Ainda não li. E me foi indicada mais uma vez.
524 páginas? Agora me convenceu, ;)

Escrito no calor dos acontecimentos e inédito por 62 anos, este romance retrata o êxodo da população francesa diante da 
ocupação alemã na Segunda Guerra. E expõe as delicadas minúcias da alma humana e a fragilidade dos elos de solidariedade
em momentos de desespero. Irène Némirovsky começou a escrever 'Suíte francesa' em 1941, refugiada num povoado francês. 
Dividido em duas partes, o livro traça um retrato impiedoso da França vencida e ocupada 
pelos alemães, transformando em ficção fatos que Irène provavelmente 
presenciara - a debandada dos parisienses às vésperas da invasão nazista, 
o cotidiano de um vilarejo sob ocupação inimiga, e o drama de uma mulher 
cujo filho é prisioneiro dos alemães. 

Presa e levada para Auschwitz, Némirovski morreu logo depois de terminar o livro. 
O manuscrito foi salvo pelas filhas e pela governanta, que pensavam tratar-se de
um diário. As letras microscópicas revelaram, 62 anos depois, uma obra implacável,
um verdadeiro painel da França durante esse doloroso episódio. 

A edição inclui um anexo com anotações pessoais e a correspondência da autora.
DADOS DO PRODUTO
título: SUITE FRANCESA
título original: SUITE FRANÇAISE
isbn: 9788535907919
idioma: Português
encadernação: Brochura
formato: 14 x 21
páginas: 534
ano de edição: 2006
ano copyright: 2004
edição: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário