terça-feira, 20 de setembro de 2016

Daniel Dias

"O grande legado que a gente vai deixar, é mostrar o valor da pessoa com deficiência, do atleta paralímpico e de entender que todos nós somos capazes. Que não ter os braços ou as pernas não define quem somos. O que define cada um, está dentro de nós."


Antes da Rio 2016, o brasileiro Daniel Dias já era reconhecido como um dos maiores nadadores do mundo. Em duas Paralimpíadas, Pequim 2008 e Londres 2012, Daniel havia conquistado 15 medalhas. Na noite de hoje (17), veio a 23ª e também a 24ª medalha. Com isso, o brasileiro entrou de uma vez por todas na história e se tornou o nadador masculino com o maior número de pódios da história dos Jogos Paralímpicos.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário