segunda-feira, 2 de maio de 2016

Gregos e troianos são todos peregrinos

Todos os idiomas se entendem. Acredito ser o melhor local até agora onde vou pernoitar. VILLAMAYOR. Tudo perfeito. Limpo. Tem simpatia, sabor, cordialidade, beleza, calor.
Estou com ingleses e franceses, creio.
Não entendo as palavras, mas entendi os gestos, o companheirismo e o espírito de peregrinos.
Pelo tom e pausas na fala entendi que Patrícia chamava para virmos ao Bar para comermos o menu do peregrino.
Exato. Não é no mesmo local onde dormimos.

Às vezes o albergue tem bar, outras vezes o bar tem dormitórios como o de ontem em Lorca.
Interessante que no Albergue em Lorca há portas que separam totalmente os ambientes internamente.
Enquanto o bar funciona você pode conhecer as instalações passando por dentro do bar como se fossem a mesma habitação.
Porém, pela manhã, ao sairmos não vemos ninguém - nenhum de nossos anfitriões de outrora.
As mochilas reservadas / preparadas para o transporte ficam num cômodo por onde saem os peregrinos e, fechada a porta, confia-se que somente o responsável passará por ali. Ninguém mexe em nada, nem leva o dinheiro que fica em um envelope anexo à mochila.
Nós, brasileiros (eu digo por mim) estranhamos essa prática.
Jacob do transporte me passou o whatsApp para reservar este albergue onde estou porém com o nome da maneira como escreveu na agenda do celular dele (alb villan nuev) e não como constava no Guia do Caminho (novo albergue Villamayor de Monjardín).
Imaginei que meu Guia estivesse desatualizado e que aquele local que Jacob me indicou como melhor fosse outro (inaugurado / criado a pouco tempo).
Ao chegar procurei pelo nome que estava na minha agenda (villan nuev) e ninguém conhecia o dito albergue.
Gelei.
Meu companheiro de caminhada (da Islândia) já procurava um local para pernoitar (isto porque expliquei para ele - via tradutor na internet - que era preciso reserva) e ele não encontrara (todos lotados e a próxima Cidade a 17km distância).
Me vi na situacao ainda pior: sem albergue e sem mochila).
Antes de desesperar completamente a moça do bar sabia até o meu nome.
- Claudia, sua mochila está no Albergue Villamayor de Monjardín (e apontou para a esquina... cidade minúscula) desde as 2h da tarde.

Fotos do melhor menu do peregrino - em Villamayor





Nenhum comentário:

Postar um comentário