segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Madame Bovary

O romance Madame Bovary (1857) é a sua obra-prima. Baseado em fatos da vida real, o livro, que Flaubert levou cinco anos para escrever, causou forte impacto, a ponto de gerar o processo no qual o autor escapou de ser condenado à prisão, graças à habilidade da defesa, que transformou a acusação de imoralidade na proclamação das intenções morais e religiosas do autor.

O enredo gira em torno de Emma Bovary, casada com o médico Charles. Emma vive imersa na leitura de romances românticos e, por viver um casamento enfadonho*, procura no adultério a libertação de seus problemas. A trama possui um desfecho trágico, e da criação de Flaubert partem grandes linhas de força do romance moderno e sua repercussão no contexto literário francês e mundial é intensa e permanente.

Excelentes trechos no vídeo que conta sobre a obra de Gustave Flaubert:
* tédio da sociedade burguesa francesa da época...
amargura dos desejos não realizados... o futuro era um túnel escuro e no final uma porta fechada.
- choque matrimonial é assim chamado quando a mulher perde sua identidade...
- só as mulheres são livres...
- casei com uma pessoa ótima, porém não tinha com quem conversar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário