terça-feira, 16 de dezembro de 2014

As Memórias de Cleópatra






No site da Folha temos o aviso do editor: os três livros podem ser lidos separadamente. 

Escritas na primeira pessoa, "As Memórias de Cleópatra" começam com as suas recordações de infância e vão até ao seu glorioso reinado, quando o Egito se torna num dos mais deslumbrantes reinos da Antiguidade. "As Memórias de Cleópatra" são uma saga fascinante sobre ambição, traição e poder, mas também são uma história de paixão. Depois de ser exilada, a jovem Cleópatra procura a ajuda de Júlio César, o homem mais poderoso do mundo. E mesmo depois do assassinato daquele que se tornou o seu marido, e da morte do segundo homem que amou, Marco António, Cleópatra continua a lutar, preferindo matar-se a deixar que a humilhem numa parada pelas ruas de Roma. Na riqueza e autenticidade das personagens, cenários e ação, "As Memórias de Cleópatra" são um triunfo da ficção. Misturando História, lenda e a sua prodigiosa imaginação, Margaret George dá-nos a conhecer uma vida e uma heroína tão magníficas que viverão para sempre. 
«Os leitores nunca irão duvidar que é a própria Cleópatra quem lhes está a falar. Se procura uma viagem para outro tempo e lugar encontra aqui o tapete mágico ideal.»
«Para uma personagem cujo fim todos conhecemos tão bem, é inacreditável como Margaret George consegue manter o leitor expectante... e sempre desejoso que a cobra nunca chegue a fazer a sua aparição.»
«A pesquisa exaustiva da autora traz à vida uma civilização há muito desaparecida, e os seus retratos de Cleópatra, César e Marco António são maravilhosos. Um livro mágico.»
«Uma verdadeira máquina do tempo. É como se lá estivéssemos e assistíssemos à vida turbulenta da rainha do Egipto.»
«Completamente arrebatador, como se os frescos egípcios ganhassem vida.»

Nenhum comentário:

Postar um comentário