sábado, 30 de agosto de 2014

Linguagem coloquial - Eu e Você

Mais um trecho do livro O Arroz de Palma:
Palavras de Antônio:

Tu e você embolados é mistura que muito me agrada. No passado, me incomodava, admito. Mesmo falando sozinho, estranhava a combinação informal. Puro preconceito, reconheço. Fazer o que? Sou do tempo em que teu era teu e seu era seu, tu era tu e você era você. Os dois juntos, nem pensar. Na gramática e na sociedade valia a mesma lei: pessoas diferentes não se misturavam. Era erro de tratamento que dava reprovação, o lápis vermelho não perdoava. Hoje, felizmente, acabou isso, acredito. O tu e o você, pessoas singulares e tão distintas, estão mais ligadas do que nunca, com todo o direito de viverem felizes para sempre.
Pag 331

Nenhum comentário:

Postar um comentário