terça-feira, 17 de junho de 2014

Minha Vida em Versão Comédia - Notícias Minhas Parte III



Um dia escrevi para mim mesma: "Por favor, pare com estas listas de tarefas intermináveis que paralisam você, que mostram sua total incapacidade de organização e competência".

E não aprendi a lição: entrei de férias hoje e comecei esta "segunda-feira" (na verdade, por conta do feriado de Tiradentes hoje é terça) com uma lista enooorme de coisas a resolver.

E com certeza, conversarei com minha coleguinha Insônia por horas - já vi tuuudo... não consigo desligar...



Vamos por partes: da lista enoooorme fiz algumas - vitória para mim (iupiii!)

Eram 13 tarefas. Fiz 8 + 4 que seriam de amanhã.

Então, vamos e convenhamos: estou de parabéns!! 

Obaaaaa! E ainda almocei bem... 

Por alguns minutos ignorei as 5 tarefas que ficaram para amanhã...



Marquei compromissos (isto quer dizer que envolve outas pessoas) para amanhã, quinta e sexta. E compromisso é compromisso: sem bolos ou atrasos, ok?!

Cuidado! Não posso marcar compromissos para sexta... é o dia do salão, do casório...

Adiei o que podia ser adiado e antecipei o que podia se antecipado.



A internet facilita muito a vida da gente.

O tal WhastApp mais ainda. Booom demais da conta este brinquedinho novo...

Porém, além de bom, é alienígena. Não consigo evitar: lembro de algo, imediatamente mando email para mim (isso, para mim mesma!) para que eu não esqueça algo que tenho de fazer em casa ou na rua ou no trabalho; entro no face ou no WhastApp e mando recados/lembretes.

Se a mulher já possui a capacidade de fazer 3 coisas ao mesmo tempo eu consigo bagunçar a vida de 6 pessoas no mesmo minuto. É aí que encaixa o termo alienígena. Como posso prestar atenção naquilo que me contam se estou em outro lugar?!



Hoje na fisioterapia estava comprando um capacete novo...

No Encontro da Mulherada (éramos 8, agora somos, na prática, 4) estava comprando portas para o condomínio...

Também me lembrei da declaração do imposto de renda... 

E no meio da conversa, peguei o celular e mandei email para mim...



Minha paciente fisioterapeuta me perguntou outro dia: "Claudia, onde você está agora? Aqui, concentrada no exercício ou já está trabalhando?" Ela pergunta porque falo, falo, falo e quando me calo é porque "já fui" (estou em outro lugar).

Acontece sempre no alongamento final eu me teletransportar até o trabalho e começar as tarefas na sequencia. Uma pena porque tudo será refeito na prática (snif). É exatamente o que chamam de retrabalho...

Naquele dia eu consegui responder: "Estou em casa trocando de roupa para ir para o trabalho."

Como pode? Como posso ser amiga/companheira/namorada/filha/mãe/irmã se estou e nunca estou?

Se parte de mim já se adiantou para o próximo passo?



Vamos recapitular então as tarefas de amanhã: procuração para minha filha, recibo da taxa de condomínio, arrumar mala (o que inclui algumas compras e tirar o mofo dos agasalhos), conversar sério com Mila, comprar as portas do condomínio, finalizar a declaração do imposto de renda, pegar o Diário Oficial, me desculpar com quem não terei tempo de encontrar antes da viagem, conferir extrato da minha conta, entregar produtos na agência, ir à academia, mandar msg para Zé Carlos e não perder a hora do compromisso (afinal, compromisso é compromisso): 14:00h na Rua dos Guajajaras.

Ei... que tal incluir Karina na data de amanhã?!

O que posso ser feito de "madrugada"? Isto é, o que funciona mais cedo? O que pode ser feito num horário em que os outros locais e pessoas estão inacessíveis?

Isso... a academia pode ser antes das 07:00h

O recibo do condomínio só depende de mim - pode ser de madrugada ou agora.

O imposto de renda também. Também a procuração... então mãos à obra!



Entende? Basta organização/seleção de prioridades e tudo dá certo. Dormir? Pra que?



E esta mensagem é para lembrar a cada um de vocês (que lê este email) que continuo com saudades... e que ainda vou aprender a cuidar mais de mim: ficar à toa de vez em quando.



Bjos

Claudinha  

22/04/14


Um comentário:

  1. A cada texto mais encantada! Já te amava, agora, nem sei!!!

    ResponderExcluir