sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Grande Peste de Londres de 1665

Aprendendo com os livros,  ;))

Wikipédia diz: "A Grande Praga de Londres (1665-1666) foi uma epidemia que ocorreu na Inglaterra que vitimou entre 75.000 a 100.000 pessoas, ou seja, praticamente um quinto da população de Londres na época. A doença era chamada de praga ou peste bubônica, uma infecção causada pela bactéria Yersinia pestis, transmitida via um rato (chamado de vetor). A epidemia de 1665-1666 foi em menor escala do que a anterior "Peste Negra" que atingiu a Europa entre 1347 e 1353, mas é chamada como a "grande praga" porque foi uma das últimas a se espalhar pela Europa."

Dan Brown em Inferno nos conta: "Do nada, uma cantiga lhe veio à mente: Um anel em volta a rosa. No bolso flores cheirosas. É pó, é pó. E vamos todos ao chão
Costumava recitar essa rima quando criança, na Inglaterra, até descobrir que ela remontava à Grande Peste de Londres de 1665. Supostamente, o anel em volta da rosa fazia referência ao círculo que surgia na pele ao redor de uma pústula rosada e indicava que a pessoa estava infectada. Os doentes carregavam ramalhetes de flores no bolso para tentar tanto o cheiro dos próprios corpos em putrefação quanto o fedor da cidade em si, onde centenas de vítimas da peste morriam todos os dias e tinham os corpos cremados. É pó, é pó. E vamos todos ao chão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário