quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Indicados Oscar 2013

Lincoln lidera a lista com 12 indicações:
Melhor filme
Melhor ator com Daniel Day-Lewis
Melhor ator coadjuvante com Tommy Lee Jones
Melhor atriz coadjuvante com Sally Field
Melhor diretor com Steven Spielberg
Melhor roteiro adaptado, de Tony Kushner
Melhor trilha sonora original, de John Williams
Melhor fotografia
Melhor figurino
Melhor direção de arte
Melhor montagem
Melhor mixagem de som


As Aventuras de Pi aparece no 2o. lugar da lista com 11 indicações:
Melhor filme
Melhor diretor, com Ang Lee
Melhor roteiro adaptado, de David Magee
Melhor trilha sonora original, de Mychael Danna
Melhor canção original, com "Pi's Lullaby"
Melhores efeitos visuais
Melhor fotografia
Melhor direção de arte
Melhor montagem
Melhor edição de som
Melhor mixagem de som

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Morte por fogo amigo

"Desde que o Homo sapiens se aglutinou em tribos, a guerra faz parte da condição humana. Inevitavelmente, as sociedades guerreiras retratam suas campanhas como lutas virtuosas, e apresentam seus guerreiros tombados como heróis que fizeram o supremo sacrifício por uma causa nobre. Mas a morte pelo chamado fogo amigo, um aspecto inevitável do conflito armado na era moderna, não se enquadra nessa narrativa mítica. Ela remove o verniz heroico da guerra para revelar o que jaz por baixo. Trata-se de um lembrete perturbador de que o barbarismo, a violência insensata e as mortes aleatórias constituem lugares-comuns mesmo na mais "justa" e "honrosa" das guerras. Por conseguinte, e de forma previsível, quando soldados matam acidentalmente um colega, há uma tremanda relutância em confrontar a verdade dentro das fileiras das forças armadas. Há uma inclinação irresistível a manter os detalhes impalatáveis ocultos da visão pública, a fingir que a calamidade nunca ocorreu. Sempre foi assim, e provavelmente sempre será. Como Ésquilo, o sublime autor grego de tragédias, observou no século V a.C.: "Na guerra, a primeira vítima é a verdade." (pág.25, Companhia das Letras, 2011)

Pois temos agora a oportunidade de visualizar mentalmente alguns destes detalhes impalatáveis na narração de Jon Krakauer em Onde os homens conquistam a glória, a odisséis de um soldado americano no Iraque e no Afeganistão.
Krakauer nos conta sobre a morte de Patt Tillman no seu último livro publicado pela Companhia das Letras.
ONDE OS HOMENS CONQUISTAM A GLÓRIA (2011)
NO AR RAREFEITO (EDIÇÃO DE BOLSO) (2006)
PELA BANDEIRA DO PARAÍSO (2003)
SOBRE HOMENS E MONTANHAS (1999)
NA NATUREZA SELVAGEM (1998)
NO AR RAREFEITO (1997)