sábado, 1 de setembro de 2012

Daniel Dias


Daniel Dias, campeão de medalhas em uma mesma edição Paralímpica, bate novo recorde mundial nos 50 metros e ganha a primeira medalha dourada para o Brasil na Paralimpíada de Londres.

Um comentário:

  1. Obviamente, o que chama atenção no Daniel é sua deficiência. Mas, para mim, o que é mais fantástico nele é sua técnica de perna (a perna "boa", quer dizer, a sem deficiência). Esporte tem isso: pode revelar o que de melhor tem dentro de nós. Inclusive, acho que o esporte adaptado deve ser visto desta forma, observando a capacidade, habilidade e destreza do atleta, fora dos clichês de "lutadores", "guerreiros", etc.

    ResponderExcluir